Pesquisar este blog

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Diretor baiano Edgar Navarro estará no Cineclube Fruto do Mato, próxima terça-feira, dia 04



           
Após o recesso por conta dos festejos juninos, o Cineclube Fruto do Mato está de volta e nesta terça-feira, dia 4, vai exibir em Lençóis, na Chapada Diamantina, o segundo longa-metragem do diretor baiano Edgar Navarro: “O Homem Que Não Dormia”, de 2012. Rodado na vila de Igatu, o filme é um dos mais polêmicos do cinema baiano por dividir a opinião de crítica e público em todo o país no ano de seu lançamento. O cineasta estará na sessão.
            A trama gira em torno de cinco personagens que, numa mesma noite, são acometidas por um mesmo pesadelo envolvendo um homem sinistro e um tesouro enterrado. Com a chegada de um misterioso peregrino, o vilarejo é arrebatado da rotina medíocre e os personagens são lançados num vórtice de acontecimentos insólitos. Será assim que cada um terá sua verdade trazida à luz e se libertará do jugo perverso das hipocrisias, medos e doenças, assumindo as rédeas de seus destinos e reescrevendo suas vidas.
            Utilizando uma narrativa fragmentada para contar essa história, Navarro apresenta um cenário real, uma pequena e típica cidade do interior baiano, mas num ambiente carregado de fantasia e misticismo. “O Homem Que Não Dormia” é o décimo primeiro longa-metragem exibido na programação do Cineclube Fruto do Mato, que apresenta os mais importantes e premiados filmes realizados na Bahia.
Desde fevereiro deste ano, a população de Lençóis e os turistas que visitam a região têm a oportunidade de conhecer obras de cineastas consagrados do cinema baiano, como Glauber Rocha e Roberto Pires, e também dos novos diretores que fazem parte do cinema contemporâneo da Bahia.
O cineclube é uma realização da Cinepoètyka e Grãos de Luz e Griô, através do Edital Setorial de Audiovisual 2016, com apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundo de Cultura e Secretaria de Cultura da Bahia. A iniciativa tem ainda o apoio da Diretoria de Audiovisual do Estado da Bahia (DIMAS).

           


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores